Estrutura Curricular do Curso de Mestrado

CURSO DE MESTRADO  EM SERVIÇO SOCIAL

Para o título de Mestre(a) em Serviço Social pelo PPGSS/UFSC, o(a) mestrando(a) deve completar, no mínimo, 24 (vinte e quatro) créditos, sendo divididos em:

  • 12 (doze) créditos em Disciplinas Obrigatórias;
  • 06 (seis) créditos em Disciplinas Eletivas; e
  • 06 (seis) créditos pela defesa/aprovação da Dissertação.

Os 12 (doze) créditos em Disciplinas Obrigatórias serão compostos por 03 (três) disciplinas obrigatórias de 04 (quatro) créditos.

Os 06 (seis) créditos em Disciplinas Eletivas deverão ser cumpridos com um mínimo de:

  • 04 (quatro) créditos em Disciplinas Teóricas;
  • 02 (dois) créditos em Disciplinas de livre escolha (Teóricas, Teórico-Práticas ou Atividade Supervisionada).

As Disciplinas Teórico-Práticas referem-se a Estágio de Pesquisa e Estágio de Docência.

O Estágio de Pesquisa deverá ser realizado junto aos Núcleos de Pesquisa vinculados ao PPGSS/UFSC ou a grupos de pesquisa de instituições nacionais ou estrangeiras conveniados a UFSC, sob a orientação de um(a) pesquisador(a) na área de estudo do(a) mestrando(a).

A Atividade Supervisionada é oferecida pelos(as) orientadores(as). Sendo assim, o(a) orientador(a) precisa ofertá-la para que o(a) mestrando(a) possa realizar a matrícula.

Regimento Interno do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
CAPÍTULO III
DA CARGA HORÁRIA E DO SISTEMA DE CRÉDITOS

Art. 21. Os cursos de Mestrado e Doutorado terão a carga horária prevista no seu Projeto Pedagógico, respeitado o mínimo de 24 (vinte e quatro) créditos para o Mestrado e 48 (quarenta e oito) créditos para o Doutorado.

Paragrafo único. O total de créditos deverá ser cumprido em disciplinas obrigatórias, disciplinas eletivas – que incluem disciplinas teóricas, teórico-práticas e atividade supervisionada – e na defesa/aprovação do trabalho de conclusão.

 

CURSO DE MESTRADO  EM SERVIÇO SOCIAL
DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA DO CURSO
DISCIPLINAS (clique aqui) CRÉDITOS MÍNIMOS
Disciplinas obrigatórias 12 (doze) Créditos
SSO410003 – Fundamentos da Pesquisa e Produção do Conhecimento em Serviço Social
(Obrigatória para todas as Linhas)
04 (quatro)
SSO410082 – Questão Social, Estado e Lutas Sociais
(Obrigatória para todas as Linhas)
04 (quatro)
SSO410005 – A Política Social no Capitalismo: gênese e desenvolvimento
(Obrigatória Linha 1 – Direitos, sociedade civil, políticas sociais na América Latina)
04 (quatro)
SSO410006 – Ética, Direitos Humanos e Serviço Social
(Obrigatória Linha 2 – Serviço social, ética e formação profissional)
04 (quatro)
SSO410007 – Trabalho e Teoria do Valor em Marx
(Obrigatória Linha 3 – Questão social, trabalho e emancipação humana)
04 (quatro)
Disciplinas eletivas 06 (seis) Disciplinas Teóricas 04 (quatro)
Disciplinas de livre escolha [Teóricas, Teórico-Práticas (Estágio de Pesquisa e Estágio de Docência) ou Atividade Supervisionada] 02 (dois)
Dissertação 06 (seis)
TOTAL 24 (vinte e quatro)

PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA (MESTRADO)

Além de cumprir os créditos mínimos nas Disciplinas, o(a) mestrando(a) deverá entregar à Secretaria do PPGSS/UFSC, até o fim do primeiro ano acadêmico, a proficiência em uma língua estrangeira, a qual não computará créditos no Programa.

Após completar os créditos mínimos, atribuição de notas às Disciplinas e entrega da Proficiência em Língua Estrangeira, o(a) mestrando(a) poderá agendar a Qualificação de sua Dissertação para posterior Defesa.

Resolução Normativa Nº 95/CUn/2017 – Dispõe sobre a pós-graduação stricto sensu na UFSC
CAPÍTULO IV
DA PROFICIÊNCIA EM IDIOMAS

Art. 39. Será exigida a comprovação de proficiência em idiomas estrangeiros, sendo um idioma para o mestrado e dois idiomas para o doutorado, observadas as peculiaridades dos 11 cursos e conforme previsto no regimento do programa, podendo ocorrer no ato da primeira matrícula no curso ou ao longo do primeiro ano acadêmico.

§ 1º Os regimentos dos programas definirão o segundo idioma estrangeiro que será exigido, sendo o primeiro, obrigatoriamente, o inglês.

§ 2º O estudo de idiomas estrangeiros para aprovação de proficiência não gera direito a créditos no programa.

§ 3º Os estudantes estrangeiros dos programas de pós-graduação deverão também comprovar proficiência em língua portuguesa, conforme previsto no regimento do programa.

Resolução Normativa Nº 01/PPGSS/2015 – Dispõe sobre as normas para o exame de proficiência em línguas