Becas

Comissão de Bolsas Resolução Nº 40/CPG/2010 – Dispõe sobre a constituição da Comissão de Bolsas

O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social disponibiliza, aos discentes dos cursos de Mestrado e Doutorado, bolsas de várias agências financiadoras, como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (CAPES), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) e o Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (UNIEDU).

Os valores das bolsas são os seguintes:
R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) para o curso de Mestrado; e
R$ 2.200,00 (dois mil e duzentos reais) para o curso de Doutorado.

 

EDITAL ATUAL

 

EDITAL Nº 002/2022/PPGSS  CONCESSÃO DE BOLSAS

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, da Universidade Federal de Santa Catarina, faz saber aos/às interessados/as que estarão abertas, de 04/04/2022 até às 23h59min do dia 06/04/2022, as inscrições para a seleção de candidatos/as à concessão de bolsas do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social em nível de Mestrado e Doutorado.

 

DOS CRITÉRIOS DE INCRIÇÃO

Os critérios para a inscrição para as bolsas de mestrado e doutorado do PPGSS/UFSC, disponíveis nos no ano de 2022, serão os seguintes:

Política de Ações Afirmativas: um terço será alocado a estudantes ingressantes segundo a Política de Ações Afirmativas [autodeclarados/as negros/as – pretos/as ou pardos/as; autodeclarados/as indígenas; autodeclarados/as transexuais ou travestis e pessoas com deficiência] descrita no Edital do Processo Seletivo.

Critérios socioeconômicos: um terço será alocado a estudantes ingressantes segundo critérios socioeconômicos. Neste caso os/as candidatos/as deverão enviar a Secretaria do PPGSS (pelo e-mail ppgss@contato.ufsc.br), em formato PDF, junto ao formulário da inscrição, os seguintes documentos:

  • Comprovante de pagamento de aluguel (se for o caso);
  • Comprovante de declaração de imposto de renda do último exercício;
  • Comprovante de rendimentos dos últimos três meses e extrato bancário da conta corrente dos últimos três meses;
  • Outros documentos que justifiquem a solicitação da bolsa segundo critérios socioeconômicos ficam opcionais, no entanto, auxiliarão para a classificação dos discentes.

Ordem de classificação: um terço será alocado a estudantes por ordem de classificação conforme resultado do processo seletivo.

 

EDITAL ATUAL

– Edital nº 002/2022/PPGSS – Seleção de alunos bolsistas (2022)

– Formulário para Requerimento de Bolsa (2022)

– RESULTADO FINAL: Ata nº 015/2022/PPGSS – Comissão de Bolsas – Resultado Edital nº 002/2022/PPGSS

Distribuição de Bolsas – Mestrado (Edital nº 002/2022/PPGSS)
Ordem Critério Subcritério Discente Situação Tipo de Bolsa
1 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Ordem de Classificação
Thallita Leitão Ferreira
2 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Ordem de Classificação
Tatiany Palacio Hilgemberg

 

Distribuição de Bolsas – Doutorado (Edital nº 002/2022/PPGSS)
Ordem Critério Subcritério Discente Situação Tipo de Bolsa
1 Item 3.1.2 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2021 ou em anos anteriores Ordem de Classificação
Camila Magalhães Nélsis
Contemplada CAPES/DS
2 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Ordem de Classificação
Glauco Pereira de Oliveira e Braga
Desistência
3 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 2 Ordem de Classificação Filipe Silva Neri Desistência

 

EDITAL ANTERIOR

– Edital nº 001/2022/PPGSS – Seleção de alunos bolsistas (2022)

– Formulário para Requerimento de Bolsa (2022)

– RESULTADO FINAL: Ata nº 001/2022/PPGSS – Comissão de Bolsas – Resultado Edital nº 001/2022/PPGSS

Distribuição de Bolsas – Mestrado (Edital nº 001/2022/PPGSS)
Ordem Critério Subcritério Discente Situação Tipo de Bolsa
01 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Política de Ações Afirmativas Daiane Mantoanelli Contemplada FAPESC Edital nº 48/2021
02 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Critérios socioeconômicos Saira Tuany Seither Gasparin Contemplada FAPESC Edital nº 48/2021
03 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 2 Ordem de classificação Gisllayne de Jesus Contemplada CAPES/DS
04 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Critérios socioeconômicos Giulia Valentina Giacomolli Gisler Contemplada CAPES/DS
05 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Ordem de classificação Geise Cristina Soares Desistência
06 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Ordem de classificação Douglas Michel Capiotti Contemplado CAPES/DS
07 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Critérios socioeconômicos Daniela Machado Contemplada CAPES/DS
08 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Política de Ações Afirmativas André Henrique Mello Correa Desistência
09 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Ordem de classificação Bruno Gonçalves Gavião Contemplado CAPES/DS
10 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Ordem de classificação Emilio Ben Barreto Freire Desistência
11 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Critérios socioeconômicos Gabriela Carraro Contemplada CAPES/DS
12 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Política de Ações Afirmativas Joel Nunes da Silva

 

Distribuição de Bolsas – Doutorado (Edital nº 001/2022/PPGSS)
Ordem Critério Subcritério Discente Situação Tipo de Bolsa
01 Item 3.1.1 – Edital N.º 003/2021/PPGSS – semestre 2020/2 Ordem de classificação Aline Mattos Fuzinatto Contemplada FAPESC Edital nº 48/2021
02 Item 3.1.1 – Edital N.º 003/2021/PPGSS – semestre 2021/1 Critérios socioeconômicos Daniel Luiz Pitz Contemplado FAPESC Edital nº 48/2021
03 Item 3.1.1 – Edital N.º 003/2021/PPGSS – semestre 2021/1 Critérios socioeconômicos Daniel Carvalho de Oliveira Contemplado CAPES/DS
04 Item 3.1.2 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2021 ou em anos anteriores Ordem de classificação Cibelle Dória da Cunha Bueno Trancamento
05 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Critérios socioeconômicos Ana Carolina Vaz dos Santos Desistência
06 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Critérios socioeconômicos Manuela Darosci Desistência
07 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 2 Ordem de classificação Celina Luci Lazzari Contemplada CAPES/DS
08 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Ordem de classificação Mariana Fernandes Alcoforado Beltrão Desistência
09 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Critérios socioeconômicos Cristiane Matiazzi Posser Contemplada CAPES/DS
10 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 3 Ordem de classificação Denise Aparecida Michelute Gerardi Desistência
11 Item 3.1.3 – Discentes com ingresso no PPGSS em 2022 – Linha 1 Critérios socioeconômicos Pedro Egidio Nakasone Desistência

Programa de Demanda Social (CAPES/DS)

Portaria n.° 76/2010 – Novo Regulamento – Demanda Social

Requisitos para concessão de bolsa

Art. 9º. Exigir-se-á do pós-graduando, para concessão de bolsa de estudos:

I – dedicação integral às atividades do programa de pós-graduação;

II – quando possuir vínculo empregatício, estar liberado das atividades profissionais e sem percepção de vencimentos;

III – comprovar desempenho acadêmico satisfatório, consoante às normas definidas pela instituição promotora do curso;

IV – não possuir qualquer relação de trabalho com a instituição promotora do programa de Pós-Graduação;

V – realizar estágio de docência de acordo com o estabelecido no art. 18 deste regulamento;

VI – não ser aluno em programa de residência médica;

VII – quando servidor público, somente os estáveis poderão ser beneficiados com bolsas de mestrado e doutorado, conforme disposto no art. 318 da Lei 11.907, de 02 de fevereiro de 2009;

VIII – os servidores públicos beneficiados com bolsas de mestrado e doutorado deverão permanecer no exercício de suas funções, após o seu retorno, por um período igual ao de afastamento concedido (§ 4º, art. 96-A, acrescido pelo Art. 318 da Lei nº 11.907, de 02 de fevereiro de 2009 que deu nova redação à Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990);

IX – ser classificado no processo seletivo especialmente instaurado pela Instituição de Ensino Superior em que se realiza o curso;

X – fixar residência na cidade onde realiza o curso;

XI – não acumular a percepção da bolsa com qualquer modalidade de auxílio ou bolsa de outro programa da CAPES, de outra agência de fomento pública, nacional ou internacional, ou empresa pública ou privada, excetuando-se:

a) poderá ser admitido como bolsista de mestrado ou doutorado, o pós-graduando que perceba remuneração bruta inferior ao valor da bolsa da respectiva modalidade, decorrente de vínculo funcional com a rede pública de ensino básico ou na área de saúde coletiva, desde que liberado integralmente da atividade profissional e, nesse último caso, esteja cursando a pós-graduação na respectiva área;

b) os bolsistas da CAPES, matriculados em programas de pós-graduação no país, selecionados para atuarem como professores substitutos nas instituições públicas de ensino superior, com a devida anuência do seu orientador e autorização da Comissão de Bolsas CAPES/DS do programa de pós-graduação, terão preservadas as bolsas de estudo. No entanto, aqueles que já se encontram atuando como professores substitutos não poderão ser contemplados com bolsas do Programa de Demanda Social;

c) conforme estabelecido pela Portaria Conjunta Nº. 1 Capes/CNPq, de 12/12/2007, os bolsistas CAPES, matriculados em programas de pós-graduação no país, poderão receber bolsa da Universidade Aberta do Brasil – UAB, quando atuarem como tutores. Em relação aos demais agentes da UAB, não será permitido o acúmulo dessas bolsas.

Parágrafo único. A inobservância pela IES dos requisitos deste artigo acarretará a imediata interrupção dos repasses e a restituição à CAPES dos recursos aplicados irregularmente, bem como a retirada da bolsa utilizada indevidamente.