Validação de Créditos

Assine seu formulário digitalmente com o Assina UFSC!

(encaminhar os documentos em formato PDF)

 

Regimento Interno PPGSS

CAPÍTULO III
DA CARGA HORÁRIA E DO SISTEMA DE CRÉDITOS

Art. 23 Poderão ser validados créditos obtidos em disciplinas ou atividades de outros cursos de pós-graduação stricto sensu credenciados pela CAPES e de cursos de pós-graduação lato sensu, oferecidos pela Universidade, mediante parecer favorável do orientador e aprovação do Colegiado e de acordo com as regras de equivalência previstas neste Regimento do Programa.
§1º As regras de equivalência previstas no Regimento do Programa deverão respeitar os termos do art. 51 da Resolução N° 95/Cun/2017.
§ 2º Poderão ser validados, conforme o regimento de cada programa, até 3 (três) créditos dos cursos de pós-graduação lato sensu.
§ 3º Não é permitida a validação de créditos obtidos em estágios de docência.
§ 4º Poderão ser validados créditos obtidos em cursos de pós-graduação estrangeiros desde que isso seja aprovado pelo colegiado delegado.

Art. 24 A validação de créditos no PPGSS será possível desde que as disciplinas tenham sido cursadas num período máximo de 5 (cinco) anos quando da solicitação e o aproveitamento tenha sido igual ou superior ao conceito B ou equivalente, conforme artigo 44 deste Regimento. Os limites para o número de créditos a serem validados são:
§1º Os mestrandos poderão validar até 4 (quatro) créditos em disciplinas cursadas em Programas de Pós-Graduação stricto sensu credenciados pela CAPES com a concordância do orientador e aprovação do Colegiado.
§2º Os doutorandos que cursaram o mestrado no PPGSS/UFSC poderão validar até 12 (doze) créditos em disciplinas.
§3º Os doutorandos oriundos de outros programas poderão validar até 8 (oito) créditos em disciplinas cursadas em Programas de Pós-Graduação stricto e lato sensu credenciados pela CAPES com a concordância do orientador e aprovação do Colegiado.

Resolução Normativa Nº 95/CUn/2017 – Dispõe sobre a pós-graduação stricto sensu na UFSC

CAPÍTULO III
DA CARGA HORÁRIA E DO SISTEMA DE CRÉDITOS

Art. 38. Poderão ser validados créditos obtidos em disciplinas ou atividades de outros cursos de pós-graduação stricto sensu credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e de cursos de pós-graduação lato sensu oferecidos pela Universidade, mediante aprovação do colegiado delegado e de acordo com as regras de equivalência previstas no regimento do programa.
§ 1º As regras de equivalência previstas no regimento do programa deverão respeitar os termos do art. 51 desta Resolução Normativa.
§ 2º Poderão ser validados, conforme o regimento de cada programa, até 3 (três) créditos dos cursos de pós-graduação lato sensu.
§ 3º Os créditos obtidos no mestrado poderão ser validados no doutorado, conforme regimento de cada programa, com exceção dos créditos de elaboração de dissertação.
§ 4º Não é permitida a validação de créditos obtidos em estágios de docência.
§ 5º Poderão ser validados créditos obtidos em cursos de pós-graduação estrangeiros desde que isso seja aprovado pelo colegiado delegado.